O polêmico e falastrão pastor-eletrônico Silas Malafaia havia prometido em 07/04/2013 que se Marco Feliciano tivesse menos de 400 mil votos ele mudaria de nome. Não teve. E agora pastor?

silas-malafaia-2-692x360

Em meio ao mar de manifestações contra a presidência da Comissão de Direitos Humanos do deputado Marco Feliciano, o também pastor evangélico Silas Malafaia fez uma aposta de altíssimo risco: “Se o [Marco] Feliciano tiver menos de 400 mil votos na próxima eleição, eu estou mudando de nome”. Em 2010, quando se elegeu deputado federal pela primeira vez obteve 212 mil votos.

Urnas totalmente apuradas em São Paulo e o resultado final foi de 398.087 votos para o deputado Marco Feliciano. Embora o resultado expressivo o tenha alçado à condição de terceiro deputado federal mais votados pelos paulistanos, ainda o deixa abaixo de Tiririca e Celso Russomano, e principalmente abaixo da previsão do pastor Silas Malafaia.

Segundo o próprio Malafaia: “A palavra é o espelho que desnuda a alma”. Por 1913 votos sua profecia não se realizou. Será que ele irá honrar a palavra? Será que vai fingir que nunca fez esta aposta? Vale destacar que em Atos 5.1-11 há uma grande advertência ao comportamento mentiroso: “Devemos aborrecer a mentira, em qualquer forma que se apresente, e não nos esquecermos de que o primeiro pecado grave, pecado de morte, registrado na igreja, foi uma mentira”.

Quem quiser consultar a fonte desta promessa feita pelo pastor Silas Malafaia em 2013 basta acessar o site Mídia Gospel. Fica agora o questionamento: Vai cumprir a promessa ou assumir a mentira? No caso de assumir a mentira: teria sido esta a única mentira da vida do pastor?

Comentários

Comentários