O que Jesus faria se visse o vídeo da Fabíola?

0
293

Imagine se Jesus Cristo estivesse encarnado entre nós e recebesse no whatsapp o vídeo da Fabíola. Qual seria a reação Dele ao se deparar com as imagens do suposto adultério? Seria a mesma reação que você teve?

Ao contrário do que muitos pensam, o fato de simplesmente nos dirigirmos a um Templo não nos torna Cristãos. Muitos até mesmo levam isto como um “encontro social” onde se revê amigos semanalmente, coloca-se o “papo em dia”, marca-se encontros, paqueras, uma “descontração santa”.

Ser Cristão é ter uma vida literalmente transformada por Cristo, personalidade moldada pelo Espírito Santo de Deus, onde se busca o cumprimento de seus mandamentos em todo o seu modo de viver, onde se deseja ter o caráter de Cristo. É aprender a se auto-examinar e deixar de examinar terceiros periodicamente. É ter atitude e coragem para reconhecer suas próprias fraquezas e os pontos negativos.

Na medida em que ser cristão é ser um seguidor de Jesus. Um “imitador” de Jesus. Alguém que antes de agir pensa em como agiria Jesus. Tomando por base este princípio do “ser cristão”, imagine Jesus Cristo em 2015 recebendo em seu celular o vídeo. Antes disso pense: Se você tivesse o número do celular de Jesus você enviaria para ele o vídeo? Se não enviaria para ele, por quê enviou para os grupos que participa?

Jesus de posse do vídeo que você enviou para ele teria que reação? Compartilharia com seus discípulos o vídeo do espancamento e os vídeos eróticos? Postaria no Facebook que esta vagabunda merecia um tiro na cara? Diria no Twitter “bem feito”? Ao ver a dor de uma mulher ser julgada por milhões de internautas, será que ele simplesmente diria que estaria rindo até 2020?

Em outro episódio em que esteve diante de uma mulher adultera Jesus teve um comportamento absolutamente diferenciado do seu. Quando Ele ensinava no Templo, foi apresentada uma mulher que havia sido descoberta cometendo adultério. Lembraram a Ele que a Lei diz que tal mulher deveria ser morta, apedrejada e perguntaram o que ele pensa. Não respondeu aos arguidores e começou a escrever com o dedo na terra. Voltaram a questionar e ele disse: quem não tem pecado atire a primeira pedra. Todos foram embora e Jesus diz à mulher: “eu também não te condeno. Vai e não peques mais”.

Comparando o comportamento de Jesus com o seu neste episódio da Fabíola, você poderia ainda se considerar um cristão? Por que só a mulher está sendo condenada pela opinião pública? Não se comete adultério sozinho. Existia um homem na cena. Este homem foi alçado a condição de “garanhão” em extrema oposição ao julgamento que se faz da Fabíola. Com base nesta reflexão antes da ceia de Natal peça perdão pelo seu comportamento, ou assuma definitivamente que os princípios cristãos não cabem em você, e por esta razão abre mão do amor de Cristo.

VEJA O VÍDEO EMOCIONADO QUE FABÍOLA GRAVOU PARA SEU EX MARIDO APÓS O ESCÂNDALO NAS REDES SOCIAIS

Comentários

Comentários