Mulheres que bebem cerveja são mais admiradas sexualmente pelos homens

0
270

Estudo realizado pela Universidade de Groningen, na Holanda, comprovou que as mulheres eu possuem o hábito de beber cerveja possuem performances sexuais mais ousadas.

Mais um motivo para o consumo de cerveja ser elevado neste verão foi publicado na Revista European Journal of General Practice, segundo o estudo desenvolvido pelo Núcleo de Estudos sobre a Sexualidade Humana da Universidade de Groningen, as mulheres que possuem o hábito de beber cerveja possuem práticas sexuais mais ousadas, e por esta razão são as mais admiradas pelos homens em função de suas performances.

A Universidade de Groningen na Holanda é um dos polos mais influentes de estudos sobre a sexualidade humana no mundo. Possui grupos de estudos online em 32 universidades espalhadas pelos 5 continentes. Tal fato fez com que o estudo fosse internacionalizado e traçasse não apenas o perfil da mulher europeia, mas sim, da mulher ocidental no atual contexto histórico.

A pesquisa foi realizada com 6 mil homens que avaliaram o comportamento sexual de suas últimas três parceiras sexuais. As questões faziam menção sobre a influência do álcool na performance sexual de suas parceiras. As bebidas que mais influenciam positivamente a performance são a cerveja (37%) e a vodca (19,5%). O vinho ao contrário de sua fama só foi apontado por 6% dos entrevistados. O vinho estaria causando mais sono que ousadia nas parceiras dos entrevistados.

Dentre as virtudes estimuladas pela cerveja os entrevistados apontaram perda da inibição, maior resistência física durante o ato, maior tolerância a dor e redução significativa do pudor. Apesar dos resultados apontarem para tantos pontos positivos os pesquisadores não recomendam o uso de bebidas alcoólicas de maneira excessiva. A recomendação é o consumo diário (máximo) de três latinhas de cerveja.

Comentários

Comentários