Morre misteriosamente jornalista que denunciou escândalo da Petrobras

0
173

Vergonha nacional ! Jornalista foi vítima de uma suspeita morte súbita depois que soube da condenação por ter denunciado o escândalo da Petrobras.

petro

Veja aqui a denúncia que levou a morte o jornalista que ousou denunciar a Petrobrás. Veja antes do vídeo ser deletado.


Sete diretores da Petrobras, liderados pelo [então] presidente, Joel Rennó, decidiram cobrar reparação judicial pelo dano moral que alegaram ter sofrido. Durante o programa Manhattan Connection, no ar até hoje, Francis disse que “os diretores da Petrobras põem dinheiro na Suíça”; que “roubam em subfaturamento e superfaturamento”; e que constituem “a maior quadrilha que já atuou no Brasil”.

Acusados sem provas, os diretores da Petrobras, em conjunto, foram à forra. Processaram o jornalista Paulo Francis nos EUA e pediram 100 milhões de dólares, capricharam no maquiavelismo ao propor a ação em Nova York. A justiça americana é receptiva a cobranças desse porte em função de alegado dano moral, ao contrário da justiça nacional.

Paulo Francis parece ter entrado realmente em pânico. Sabendo-se desprovido de meios para provar o que afirmou com tanta ênfase, sabia também que perderia no final da demanda.

Comentários

Comentários