Pela primeira vez na história do Brasil uma edição do feriado mais esperado pelo brasileiro pode ser cancelado devido as restrições financeiras impostas pela crise econômica.

O Comitê Gestor da Crise Econômica apresentou para a presidente Dilma Rousseff na última sexta-feira (08/01/2015) um estudo que aponta uma economia de 16 bilhões de reais com o cancelamento do Carnaval 2016. Diante do atual cenário econômico mundial e a tendência para a construção de mais um déficit orçamentário, existem muitas chances de o governo optar por adotar esta solução.

O Carnaval é uma festa popular que conta com muitos investimentos públicos. Desde a contratação de artistas até a criação de toda a infraestrutura de segurança pública, médico-hospitalar, captação e recepção de turistas internacionais, campanhas publicitárias na mídia e distribuição gratuita de preservativos.

A economia que o cancelamento do Carnaval este ano representaria é altamente impactante, para se ter noção do quando se perde a cada edição do Carnaval basta analisar o custo de criação de um hospital.

Uma estrutura hospitalar com cerca de 8.500m² de área construída, com todas as dependências necessárias para atender a uma população de 40 mil pessoas, com 160 leitos, sendo 12 para UTI, pronto-socorro, triagem, farmácia, cozinha, lavanderia, ou seja, com toda a estrutura necessária, custaria R$ 14 milhões, já contabilizando os custos com central de ar condicionado, rede elétrica, telefônica, água e esgoto.

A economia oriunda do cancelamento de uma edição do Carnaval poderia ser responsável pela construção de 1143 hospitais. Também seria possível usar este dinheiro para construir 8 mil escolas para as séries iniciais do ensino fundamental ou adquirir 39 mil ônibus escolares. Além disso, 28 mil quadras poliesportivas poderiam ser implementadas ou modernizadas para o esporte educacional.

Embora o Carnaval seja apenas na terça-feira, a tradição fez com que a segunda-feira e parte da quarta também fossem sacrificadas. Esta paralização das atividades produtivas gera enorme prejuízo para a nação. Apenas este período seria responsável por um prejuízo de R$ 3 bilhões. Caso o Carnaval seja de fato cancelado o feriado também seria excluído este ano.

Fica a questão para a reflexão: O Brasil precisa de festa ou de hospitais e escolas?

Como bem diziam os meninos barbudos do Los Hermanos: Todo Carnaval tem seu fim...

Comentários

Comentários