Novos bafometros da policia federal detectarão até maconha

0
740

Novos bafometros da policia federal detectarão até maconha. Maconheiros pegos em blitz de trânsito perderão a CNH e poderão ser presos por 3 anos.

bafometro

A Polícia Rodoviária Federal realizou a aquisição de 7.200 bafômetros sensíveis ao odor de álcool etílico e tetrahidrocanabinol. Este equipamento também poderá informar se o condutor fez uso de maconha nas últimas oito horas, bem como determinar a quantidade consumida pelo maconheiro.

A compra do equipamento foi uma determinação direta e pessoal da presidenta Dilma Rousseff que se mostrou bastante preocupada com os elevados índices de acidentes nas estradas federais. Nos seis primeiros meses de 2014 aconteceram 62.365 acidentes nas estradas federais, levando a óbito 23.587 pessoas.

A presidente disse no programa “Café com a Presidenta” de hoje (07/08/14) que o “número de mortos nas estradas este ano já é quase maior que o número de pontos que Aécio Neves tem em sua Carteira de Motorista. Precisamos dar um basta nesta realidade. Estes maconheiros estavam passando batido nas blitz. Agora eu vou ferrar com estes noiados”.

O motorista flagrado emaconhado terá a carteira retida e será encaminhando a uma delegacia de trânsito onde será autuado por dirigir sob o efeito de substância psicoativa e associação ao tráfico de drogas. As penalidades previstas serão detenção, de 6 (seis) meses a 3 (três) anos, além da apreensão do veículo, cassação da habilitação respectiva ou proibição de obtê-la, pelo mesmo prazo da pena privativa de liberdade aplicada, e pagamento de 200 (duzentos) a 400 (quatrocentos) dias-multa.

Comentários

Comentários