Nota não-oficial dos Professores do Paraná

0
250

Réplica à Nota Oficial do Governo do Paraná

Os Professores do Estado do Paraná lamentam profundamente os atos de  agressão e vandalismo provocados na tarde de hoje pela Polícia Militar do Paraná contra os professores e outros servidores estaduais que estavam concentrados em frente à Assembleia Legislativa.

Captura-de-Tela-2015-04-29-às-20.58.38-600x400

O radicalismo e a irracionalidade de policiais armados com balas de borracha, bombas de gás lacrimogêneo e jatos d’água utilizados contra os cidadãos são responsáveis diretos pela barbárie que se instalou na Praça Nossa Senhora de Salete. Lamentavelmente, professores e outros manifestantes saíram feridos

17 policiais militares honrados e dignos foram presos por se recusarem a participar do violento cerco aos professores em Curitiba.

Que a barbárie não se repita. Que os professores sejam tratados com respeito. Que os policiais agressores sejam punidos e que os policiais honrados sejam libertados.

 

Comentários

Comentários