Escândalo sexual envolvendo famílias da mais alta casta social de Vitória, capital do Espírito Santo, está levando para as páginas policiais quem antes só frequentava a coluna social. Uma famosinha do Instagram, um empresário milionário e dois pitboys do jiu-jitsu se revezam neste enredo de sexo, mentiras e traições.

A contabilista Ana Letícia Dutra Zamprogno de 26 anos perdeu a guarda do filho depois que teve um vídeo íntimo viralizado em grupos de whatsapp. No vídeo ela aparece fazendo sexo simultaneamente com dois menores de 17 anos.

Ana Letícia foi surpreendida pela decisão judicial que tirou dela a guarda do filho de 8 anos. Ela foi casada com José Roberto Schultz Zamprogno (48 anos) por 7 anos e há 1 ano seu ex-marido lutava pela guarda do filho, sempre alegando que a ex-esposa possuía desvio de caráter. O casamento deles terminou pelo fato de Ana Letícia descobrir que o marido possuía uma relação paralela com outra mulher, onde ele custeava as despesas da amante, inclusive pagando a faculdade da jovem de 19 anos.

No vídeo íntimo viralizado no whatsapp Ana Letícia está em um quarto fazendo sexo simultaneamente com dois menores de 17 anos identificados como atletas de jiu-jitsu da mesma academia da vítima. Ana Letícia alegou não ter conhecimento prévio sobre a idade dos adolescentes, segundo ela, um deles inclusive dirigiu o carro que os levou para a casa em que mantiveram relações sexuais. Em depoimento chegou a afirmar que “pelos dotes dos moços jamais poderia imaginar que se tratavam de menores de idade. Os dois são bem “crescidinhos”, se é que me entendem”.

A polícia investiga a participação do ex-marido no vazamento do vídeo íntimo. Uma linha de investigação trabalha com a hipótese dos adolescentes terem sido contratados para seduzir a vítima. Câmeras de segurança mostraram José Roberto visitando o apartamento 43 dias antes do encontro sexual de sua ex-esposa com os adolescentes.

O juiz Helder Contarato Lins em sua súmula decisória afirmou que a mãe “possui grave desvio de caráter e que a sua atração sexual por menores de idade pode ameaçar a saúde mental e social do filho”. Até que as investigações sobre o vazamento do vídeo sejam concluídas o filho irá ficar morando com o pai e a sua amante que virou namorada oficial.

Tenho pena do psicológico desta criança…

Comentários

Comentários