Malafaia pede que evangélicos não saiam de casa em dia de sol e chuva

0
294

O pastor Malafaia se envolveu em mais uma polêmica nesta tarde. Pediu aos fiéis que não saíssem de casa em dia de sol e chuva por conta do risco de serem expostos a um arco-íris.

arco iris

O pastor Malafaia volta a criar polêmica no Twitter. Desta vez com a recomendação que os evangélicos “de verdade” não deveriam sair de casa em dias onde ocorresse o fenômeno meteorológico da conjunção entre sol e chuva. Segundo o mendigo de ofertas, quando acontece sol e chuva simultaneamente elava-se em 73,25% as chances da atmosfera refletir o fenômeno óptico que separa a luz do sol num espectro contínuo e multicolorido. Fenômeno popularmente conhecido como arco-íris.

Desde a década de 80 do século XX o movimento LGBT faz uso da bandeira com as cores do arco-íris para estampar a diversidade e conclamar a visibilidade do movimento pelo fim da opressão às minorias. E este é o grande temor do pastor Malafaia. Segundo ele, o cristão que fica por 15 minutos sob a presença de um arco-íris pode ter sua orientação sexual transformada radicalmente. O pastor chegou a dizer que “um amigo do meu primo ficou tirando foto do arco-íris e tornou-se vesgo. Virou um viado vesgo. Coisa muito feia mesmo. Não quero isso para meus irmãozinhos”.

Fica a dica para os evangélicos que se depararem com este fenômeno meteorológico. Busque um lugar que seja coberto e te livre da influência dos raios solares gayzistas. Não fotografe o arco-íris. Faça uma oferta de R$ 1.500,00 para que a Fundação Malafaia de Pesquisas Meteorológicas possa de estudar um meio de proibir esta propaganda gay nos céus do Brasil.

 

Comentários

Comentários